10.27.2016

ROME GUIDE | PART ONE





Fontana Di Trevi
24 hrs // free 
Metro A, Barberini

Um dos maiores pontos turísticos em pleno céu aberto, constantemente cheio de pessoas dia e noite!
Mas sem dúvida que merece toda a algazarra em volta, é uma obra absurdamente linda e gigante, que nunca se tem real percepção através das fotografias que vemos vezes sem conta, acreditem! Visitamos apenas durante a noite, que na minha opinião, torna ainda mais mágico o momento e fizemos tudo o que tínhamos direito - mil fotografias, sentar à beira da fonte (wet butt) e mandar moedas por cima do ombro! Obrigatório.













Coliseu | Fórum Romano | Palatino
(*Setembro* 8h30 - 19h00) // 12€
Metro B B1, Colosseo

Bem, aqui é preciso dedicar um dia inteiro ou então dividir em dois dias (porque o bilhete assim o permite e abrange sempre os três pontos) pois o roteiro é gigante, os espaços são imensos e vale a pena ver tudo! E primeiro que tudo - arranjem um guia, comprem um livro ou tenham uma boa app (c/ internet) à mão porque fez-nos imensa falta para perceber muitas das coisas que teriam tornado a visita muito mais interessante... em último caso vão-se juntando, assim como quem não queiram nada a grupos que estejam com guias em Inglês e vão apanhando curiosidades, tal como nós fizemos *haha*. Quanto à entrada, usamos o RomaPass que dá acesso prioritário e é grátis nos dois primeiros monumentos à escolha - portanto, fora de questão perder estes pontos que são sem dúvida grande parte da essência de Roma antiga!








Castel Sant'Angelo
(9h00 - 19h30) // 10€
Metro A, Ottaviano - San Pietro  

Actualmente é um museu, mas teve diversas funções ao longo dos anos (mausoléu, edifício militar, fortaleza p/ os papas, etc) portanto contem imensa história no seu interior, juntamente com vistas lindas dos prédios da cidade, do Rio Tibre, e até da cúpula da Basílica de S. Pedro, o que se torna na combinação perfeita! As filas para entrar são mínimas, e ao inicio pode transmitir a ideia de que não merece a visita, mas surpreende imenso, e foi também o 2º ponto que escolhemos p/ gastar a entrada grátis que tínhamos do RomaPass. Outro grande monumento é a Ponte Sant'Angelo, que contem inúmeras estátuas fazendo a ligação entre o centro da cidade e o Castelo. Aproveitem para também apreciar os inúmeros artistas de rua que ali se encontram.







Vaticano (Mapa do Museu)
(S*S 9h00 - 16h00) // 16€
Metro A, Ottaviano | Cipro
Bus 60|64|40

Independentemente de se ser crente ou não, considero um lugar bastante especial nem que seja (o que já é mais que suficiente) pelas obras de arte que se mantêm únicas até hoje, saber a história e evolução dos espaços, conhecer pintores, escultores e arquitectos. Outro aspecto importante e diferente, é o facto de entrarmos numa cidade-estado única no mundo, totalmente independente com apenas 44 hectares. Acabou até por ser o sitio que fotografei menos, porque é tanta informação para ingerir, tanta coisa para observar, tantas pessoas por todo o lado, que acabamos por pôr a máquina de lado para não perdermos o ritmo!

Bilhetes? Comprem sempre on-line para passarem as filas que se prologam por metros e metros, ou então optem por comprar uma visita guiada que também tem acesso prioritário, ajuda a que não se percam pelo Vaticano (aparentemente fácil de acontecer) e na minha opinião, apesar de ser caro, torna a experiência muito mais interessante. Transportes aconselho o autocarro, muito mais calmo que o metro e chega super perto da praça principal sem terem que comprar outro bilhete, tal como li muitas vezes por estarmos fora da área de transportes de Roma - forget it.


10.07.2016

ROME, ITALY


É sempre difícil começar a escrever sobre uma viagem, porque se por um lado há imensa coisa para dizer, por outro existe a melancolia pós-viagem que não ajuda em nada, porque esperamos sempre imenso pelo momento (dois meses no caso, but still...) para depois passar a correr e ficar sempre a sensação que a cidade merecia mais tempo. Mas também tenho sempre duas coisas em mente, que hei-de voltar para ver o que ficou para trás e que também há outros sítios à minha espera (nem que seja para consolo próprio haha) 

Então Roma, o que se pode dizer? Que é apenas uma das capitais mais visitadas do mundo inteiro, e que sem dúvida faz jus à fama que tem. Literalmente um museu a céu aberto, que a cada esquina um monumento que nos tira o fôlego, mesmo os mais conhecidos que estudei vezes sem conta em Artes, surpreenderam-me taaantooo - como é que alguém naquela altura foi capaz de fazer construções absurdamente gigantes e igualmente lindas? Enfim, espero que gostem dos posts sobre Roma :))



VIAGEM // Para esta viagem, a pesquisa, foi do mérito da Blue Pearl, e foi a primeira vez que comprei uma promoção na edreams, porque normalmente só uso para pesquisa e depois compro tudo em separado, mas desta vez não havia mesmo preços melhores do que a edreams oferecia, hotel e viagem incluído. A segunda estreia, foi viajar com a Ryanair, em que não tive qualquer problema e aliás achei menos exigente (bagagens e etc) que a Easyjet. O aeroporto de destino foi o Ciampino, e usamos o RomeAirportBus para nos deslocarmos até ao centro da cidade, e na volta também.



ESTADIA // Como tal, a promoção da edreams incluía estadia num hotel de 4* - Hotel Villa Torlonia. Não foi o melhor hotel, mas quanto a preço qualidade foi óptimo, e estávamos a duas estações de metro do Coliseu, num bairro amoroso e bastante sossegado - perfeito portanto.



TRANSPORTE // Bem... Roma não é propriamente a cidade que considerei mais fácil a nível de orientação no que toca a transportes (porque a pé, literalmente todos os caminhos vão dar a Roma!). Falta imensa informação/sinalização, principalmente nos autocarros, que não ajuda a poupar tempo quando só se tem 72 horas na cidade mas de qualquer maneira aconselho a comprarem o Roma Pass, porque tem imensas vantagens ao logo da cidade toda, e desaconselho completamente a andarem de metro nas horas de ponta, vão achar que estão em Lisboa num dia de greve ou pior! Ponto positivo, achei sempre todos bastante seguros.

CLIMA // Roma tem um clima quente e seco no verão que chega aos 30º e como não tem brisas vindas do mar ou da serra, parece sempre ainda mais quente do que mostra nos termómetros, portanto não aconselho conhecer a cidade nos meses de Junho*Julho*Agosto (se houver opção de escolha claro!) e optar antes por meses como Setembro... Mas também existem alguns imprevistos, então nada como consultar a meteorologia na altura de fazer as malas!


GASTRONOMIA // Itália. É preciso dizer mais alguma coisa? Pizzas, massas, gelados. Melhor?
Quanto a preços, a comida italiana não é a mais barata, no entanto não varia muito dos preços cá praticados, maaas o que é realmente caro em Itália é as bebidas que não sejam água (e mesmo assim...) e as sobremesas, isto falando em restaurantes, claro. Porém, experimentem o mais que puderem, porque lá está, è l'Italia!


INTERNET // Existem bastantes redes wi-fi pela cidade mas todas precisam de registo ou de alguma app para aceder, e quando digo todas - até a do Mc'donalds - o que se torna bastante chato ter que preencher todos os dados para depois na maioria das vezes o acesso ser negado por diversas razões (rede fraca ou nº estrangeiro, etc..). Então, a solução foi usar os próprios dados móveis e fazer pontaria a restaurantes com rede wi-fi que nos fornecessem a password! Ah! E nunca esperem por rapidez - good luck.